Fellmer Lloyd

Mutante terrano, de origem americana. Ele é um dos membros fundadores do antigo Exército de Mutantes secreto e um portador de ativador celular.

Descrição Física


Ele é um homem corpulento, de rosto largo e cabelos escuros. Tem pele morena. Parece ser um tipo absolutamente normal e corriqueiro.

Características Psicológicas


Ele tem modos fleumáticos. Lloyd é um colecionador apaixonado de minerais e pedras preciosas.

Paracapacidades


Ele é um mutante natural. É um localizador e telepata. Possui uma capacidade estranha: sabe identificar as radiações de cérebros estranhos e analisar o padrão das ondas cerebrais de qualquer ser vivo ao seu alcance. A primeira impressão era de que ele era um telepata. Mas a sua capacidade era de natureza mais exata e analítica. Sabia desenhar de memória aquilo que “via”. Eram modelos de ondas cerebrais que, segundo Lloyd, haviam sido irradiados pelo cérebro por ele observado. Só esse modelo lhe permitia uma conclusão sobre a natureza dos pensamentos. O que lhe permitia distinguir animosidade, alegria e outras reações emocionais. Conhecia o código que servia à decifração da amostra, sem saber como. Perry Rhodan batizou-o de localizador, porque sabia constatar a presença de um cérebro estranho a uma distância muito maior que um telepata. Com o tempo desenvolveu também a telepatia. O telepata, em geral, só faz uso de suas capacidades quando não pode ser evitado.

História


Na Época da Terceira Potência

Ele nasceu em 9 de outubro do ano de 1945, nos EUA. No ano de 1971, tinha trabalhado durante anos numa usina atômica americana, onde exercia as funções de assessor do diretor científico, mas a equipe de Perry Rhodan acabou por localizá-lo. Ele foi sequestrado por Tako Kakuta e Reginald Bell e levado para o deserto de Gobi em nome da Terceira Potência para ser recrutado para o Exército de Mutantes secreto. Apesar do sequestro, ele se juntou à corporação. Ele acompanhou Perry Rhodan no ano de 1975 em sua expedição ao sistema Vega e ajudou na solução da Charada Galáctica. No planeta Vagabundo, ele foi sequestrado e substituído por uma cópia robótica. Depois que esta tentou em vão um ataque a Rhodan, o verdadeiro Lloyd reapareceu. No ano de 1981, ele impediu um ataque a bomba em um avião em Moscou, onde ele conheceu Tatiana Michalovna, que deveria executá-lo. Ela foi presa por ele e levada para Terrânia. No século XX, inicialmente, ele recebeu a ducha celular no planeta Peregrino e, no ano 2326, recebeu um dos 25 ativadores celulares distribuídos na Via Láctea pelo superser Aquilo.

Missões na Época do Império Solar

No ano 2102, Lloyd serviu como protetor pessoal para o Imperador Gonozal VIII, aliás, Atlan, em Árcon. Em dezembro do ano 2102, ele atirou na cadela boxer Moku de Atlan durante a recepção de Perry Rhodan em Árcon. Os terroristas tinham preso uma agulha de veneno debaixo da língua. Lloyd sentiu a dor na alma de Moku e atuou de forma intransigente para proteger Atlan. No ano seguinte, Lloyd não estava mais ativo para Atlan. Em março do ano 2103, ele tentou rastrear Thomas Cardif no planeta Lepso. Ele só entrou em contato por um curto período de tempo antes dos antis protegerem Cardif. Contudo, basta dizer que Cardif ainda tinha o hipnobloco. Em junho do mesmo ano, Lloyd descobriu os padrões de ondas cerebrais de um anti em Plutão. Um comando de ação da Ironduke em seguida invadiu a missão comercial dos saltadores, onde este encontrou o anti A-thol baleado por Thomas Cardif, o qual tinha assumido o papel de seu odiado pai. No ano 2329, tinha se ocupado intensamente durante várias décadas com os aparelhos de hipercomunicação. Em meados de maio do ano 2436, ele participou da missão na parabase, no curso da qual os terranos souberam sobre a origem dos parceiros simboflex. Em outubro do ano 2436, Lloyd fez parte da equipe de pesquisa para Halut, que revelou alguns segredos da história halutense. Como um dos poucos mutantes, ele sobreviveu à Segunda Crise de Geração no ano 2909, já que sua paracapacidade não se deve à influência da radiação atômica das bombas atômicas americanas lançadas no ano de 1945 sobre Hiroshima e Nagasaki. Lloyd pertencia em 24 de janeiro do ano 3433 ao grupo de portadores de ativador que lutou em Shishter contra Corello. O telepata sofreu graves queimaduras. Juntamente com Gucky, no dia 30 ou 31 de março do ano 3433, ele recebeu impulsos telepáticos surpreendentes de Harno. Fellmer Lloyd pertencia às expedições, que nos anos 3433 e 3434, viajaram várias vezes com o deformador de tempo-zero para o passado da Terra. O telepata estava envolvido na missão de comando, que conduziu no início de janeiro do ano 3434 à captura de Ribald Corello. Como membro do Exército de Mutantes, ele pertencia à tripulação da Marco Polo, que em 3 de julho do ano 3437, partiu num voo para a galáxia Gruelfin. Lloyd retornou à Via Láctea em 3 de junho do ano 3441 a bordo da Marco Polo. Através dos efeitos de dilatação durante o voo de retorno, ele perdeu três anos. Como portador de ativador celular, o terrano é imune contra a radiação de imbecilização. Com a fundação do Novo Exército de Mutantes, ele se tornou o chefe da corporação. Juntamente com Alaska Saedelaere, ele foi em uma missão em uma espaçonave em forma de disco, que tinha sido expulsa do Enxame no final de setembro do ano 3441. Fellmer Lloyd pertencia à equipe de ação que em 14 de novembro do ano 3441 entrou no mundo artificial Peregrino-Beta, a fim de ajudar a superinteligência Aquilo confusa. Graças à intervenção de uma equipe de ação da Good Hope II, Peregrino-Beta pode ser transferido para o espaço linear. Juntamente com Waringer e Atlan, ele acompanhou Perry Rhodan no seu voo para Quinto Center. O space-jet partiu em 24 de novembro do ano 3441. Enquanto Atlan tomou o comando de um cruzador em Quinto-Center, Waringer e Lloyd permanecem com Rhodan. Com 11 espaçonaves, eles partiram em 8 de dezembro do ano 3441 para voar de Quinto Center para Last Hope. Cerca de 10 dias depois, Last Hope foi alcançado. Embora fossem bombardeados na aproximação pelas instalações de defesa, conseguiram pousar perto do Dragão Sentado. Em 10 de janeiro do ano 3442, os transportadores espaciais de Last Hope partiram na direção do Mundo dos Cem Sóis. Juntamente com Rhodan, Atlan, e Kotschistova, Lloyd realizou uma missão de exploração em 15 de janeiro do ano 3442, em virtude disso o Plasma Central foi liberado um dia após da influência de Tahiko Anaka. No seu voo de regresso do Mundo dos Cem Sóis, Atlan, Perry Rhodan, Fellmer Lloyd e Irmina Kotschistowa visitaram Quinto Center novamente em 25 de janeiro do ano 3442. Em 28 de janeiro do ano 3442, eles alcançaram a Good Hope II. Lloyd assumiu o comando da central de localização da Good Hope II, quando Saedelaere foi nomeado comandante de um comando de ação no final de abril do ano 3442. O mutante encontrava-se a bordo da CMP-3, que estava à espera de sinal de vida da tripulação da Gevari nas proximidades do sistema Interno-Alfa. Em 30 de junho do ano 3442, Lloyd teve contato telepático com Gucky, que pouco depois se rompreu. No entanto, ele ainda aguardou mais sinais de vida a bordo da CMP-3 até 4 de julho do ano 3442. Sob o comando de Atlan, Saedelaere, Tolot, Toronar Kasom, Tschubai, Fellmer Lloyd, Wyt, Kotschistowa, Merkosh, Paladino IV e Lorde Zwiebus, realizaram com a Aycrom em 3 de novembro do ano 3442 uma manobra de desvio. No mesmo dia, a nave-museu foi levada por uma nave dos demônios negros e transportada para Testador. Após uma série de testes e situações de combate, o comando de ação foi capturado. A equipe de ação retornou para Império Alfa em 10 de dezembro do ano 3442 por meio de um transmissor. O mutante pertencia a uma missão, a qual em 11 de dezembro do ano 3442 deveria capturar vivo o ídolo Corkt Y'Xamterre. Entre 21 de janeiro até 2 de fevereiro do ano 3443, ele pertencia à equipe que esteve envolvida na ação no planeta Yatnokan. No início de fevereiro do ano 3443, um grupo, consistindo de Perry Rhodan, Atlan, Gucky, Fellmer Lloyd, Icho Tolot, Paladino IV, Merkosh e Lorde Zwiebus, pousou em Harda-Hardy para observar o efeito da radiação psi nos karduuhls. Fellmer Lloyd pertencia aos guardiões do parlamentar karduuhl, ao qual foi concedido acesso ao Sistema Solar no meio de março. Fellmer Lloyd aterrissou no planeta Tronko Y Artefo em 29 de março do ano 3443 como participante da expedição. No terceiro dia em Na’nac (início de abril do ano 3443), Lloyd teve uma ação curta. O terrano pertencia à tripulação do deformador de tempo-zero que foi transportado para o planeta Guerrilheiro no início de maio. Em 2 de maio do ano 3443, Tajiri Kase em choque ativou o deformador de tempo-zero, após o que esse viajou 50.000 anos para o passado do planeta Guerrilheiro. Ali, no ano 46.557 AC, ocorreu a luta entre a tripulação do deformador de tempo-zero e Heppen Shemir. Após uma vitória, eles retornaram ao presente com o deformador de tempo-zero. Em agosto/novembro do ano 3456, ação com a Marco Polo no universo paralelo. Em janeiro do ano 3459, acompanhou Perry Rhodan no voo para o planeta Hetossa. Em fevereiro desse ano, seguiu a ação para Hoptrec-Haich. No dia 4 de julho, ele se tornou membro da ASA e salvou Atlan das mãos dos lares. Em agosto desse ano, participou do voo da Cagliostro para o transmissor solar de Arqui-Tritrans. No dia 7 de março do ano 3460, ele estava na Terra e foi transferido com ela para o Turbilhão Estelar. No início de abril desse ano, participou da exploração do Turbilhão a bordo da Marco Polo. Ele apoiou Ras Tschubai durante a ação contra os ploohns em Stiemond.

Na Época da Afilia

Regresso com a SOL para a Via Láctea

No ano 3540, depois de ter sido banido da Terra pelos afílicos, como a maioria dos confidentes de Perry Rhodan, tornou-se membro da tripulação da SOL como oficial especial e voou com a nave de gerações para procurar pela Via Láctea. Após a transição para o balão dakkardim, ele esteve essencialmente envolvido na libertação do especialista da noite Olw. Quando Alaska Saedelaere descobriu que Icho Tolot estava grávido e queria dirigi-lo a sua condição porque ele estava muito preocupado com ele, Lloyd proibiu-o de fazer isso porque sabia que Alaska iria quebrar um tabu estrito, Alaska não o escutou e teve sorte de não ser morto pelo halutense. Tolot estava tão irritado que ele lhe deu a amizade. Quando Lloyd ouviu sobre isso, ele estava com raiva de Alaska e culpou-o por seu comportamento desrespeitoso. Imediatamente após a chegada da SOL do balão dakkardim na galáxia Chmacy-Pzan, recebeu-se sinais de emergência de um sistema solar próximo. Gucky e Fellmer Lloyd foram enviados com o cruzador leve Klondike para ver direito. Eles caíram no cativeiro dos imateriais de Grosocht, que estavam abusando de um rato-castor cativo como medium. Juntos conseguiram escapar, mas no final, o rato-castor Lowis teve que sacrificar sua vida para eliminar o perigo para sempre. No ano 3581, ele também retornou para a Via Láctea, onde participou de algumas ações. No final daquele ano, após a chegada na Via Láctea, ele era membro de uma pequena delegação, que queria entrar em contato com a COPOG em Surfon. O objetivo era motivar a COPOG a prosseguir mais propositalmente contra o Concílio. Agentes do NIE reprovaram esses planos e tentaram levar Ras Tschubai como refém, porém, Fellmer imediatamente impediu isso. No ano 3582, ele estava, juntamente com alguns outros mutantes, tentando em vão impedir a queda do Pseudo-NIE.

Na Busca pela Terra

No ano 3582, participou do voo da SOL de volta para o Turbilhão em busca da Terra e, em seguida, para a galáxia Dh’morvon. Contudo, enquanto retornava para o Turbilhão, a SOL fez antes uma pausa em Rasterstop para repor os suprimentos. Houve ali estranhos incidentes, que Lloyd teve muito trabalho para esclarecer. Depois de alcançar a galáxia Dh'morvon, ele, juntamente com Gucky, tomou o cuidado de levar Bjo Breiskoll para o Exército de Mutantes. No ano 3586, chegou ao mundo central de Bardioc e participou do resgate de Perry Rhodan. 

Na Busca pela Pan-Thau-Ra

Pouco depois, voou com a SOL para a galáxia Tschuschik, seguindo as coordenadas dadas por Aquilo. Ele era membro da expedição da SOL que, no ano 3586, deveria procurar a nave semeadora Pan-Thau-Ra.

Na Busca pelos Castelos Cósmicos

Na galáxia Algstogermaht, ele também passou para a BASE, quando esta voou para procurar os castelos cósmicos. Em março do ano 3587, ele foi sequestrado, juntamente com outros mutantes, contra sua vontade por Gucky no castelo de Ariolc, onde imediatamente sucumbiu sob a síndrome de Ariolc. Isso apenas terminou quando Rhodan, Atlan e Jost Seidel conseguiram tornar a radiação inofensiva. No planeta Matazema, ele apoiou Ras Tschubai a desativar um transmissor telepático, que afetava todo o povo dos dallazenos emigrados no castelo cósmico de Kemoauc. Quando, com o grande êxodo dos mutantes no ano 3587, os oito Antigos Mutantes e a maioria dos membros do Novo Exército de Mutantes foram absorvidos por Aquilo, ele permaneceu, juntamente com Ras Tschubai e Gucky, ao lado de Perry Rhodan.

Créditos: 

Fontes


  • PR6, PR17, PR18, PR26, PR107, PR109, PR112, PR350, PR353, PR372, PR400, PR401, PR406, PR414, PR415, PR417, PR419, PR420, PR421, PR423, PR424, PR426, PR427, PR428, PR430, PR431, PR432, PR433, PR434, PR438-PR443, PR445, PR446, PR449, PR450, PR451, PR455-PR458, PR461, PR470-PR472, PR476, PR480, PR481, PR486, PR489, PR490, PR491, PR494, PR500, PR503, PR509, PR510, PR517, PR518, PR519, PR520, PR521, PR523, PR524, PR530, PR536, PR543, PR545, PR546, PR550, PR551, PR553, PR554, PR556, PR559, PR560, PR563, PR564, PR565, PR566, PR569, PR570, PR571, PR576-PR579, PR583, PR585, PR588, PR590-PR594, PR597-PR599, PR601, PR603, PR605, PR608, PR620, PR632, PR638, PR639, PR650, PR651, PR653, PR655, PR656, PR662, PR667, PR676, PR677, PR678, PR679, PR684, PR685, PR700, PR717, PR726, PR731, PR744, PR747, PR750, PR751, PR752, PR760, PR762, PR763, PR765, PR769, PR770, PR771, PR772, PR774, PR780, PR790, PR796, PR798, PR886, PR888, PR929, PR934, PR948, PR968.
  • Seção Glossário da edição digital da SSPG: volumes especificados no campo Glossários Veiculados.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “Fellmer Lloyd”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2. Informações extraídas em parte do site Crest-Datei (www.crest-datei.de.
Seção do Site: