Herth ten Var

Ara. No ano 424 NCG, ele é um médico de bordo da nave BASE.

Características Psicológicas


Normalmente, ele gosta de ficar em segundo plano. É considerado geralmente um homem contido e silencioso, que nunca se destaca, mas que, de alguma forma, sempre está disponível quando algo importante acontece em algum lugar. Ele quase nunca se deixa levar por algum comentário. No entanto, sua opinião conta bastante para toda a tripulação da nave, de pouco mais de 12.000 pessoas. Ele parecia imperturbável.

História


No ano 424 NCG, Herth ten Var tornou-se o médico-chefe a bordo da BASE. Nessa função, ele acompanhou o voo da nave de longa distância para a galáxia Norgan-Tur, a qual chegou ali no início de maio do ano 425 NCG. Antes da partida, ele serviu de oficial de justiça durante o “julgamento” encenado de Olli-Bolli, o filho do comandante, depois que esse aprontou mais uma de suas costumeiras brincadeiras. Pouco depois, ele teve que cuidar do comandante, quando esse foi atacado pela misteriosa luva preta carregada por Icho Tolot. No ano 426 NCG, Herth ten Var estava a bordo da BASE quando essa partiu com a Frota Galáctica para Rubi Gelado em 15 de março. Em 26 de março, eles alcançaram a área do Rubi Gelado. Ali, os galácticos encontraram uma frota gigantesca que não pôde ser totalmente apreendida, mesmo com os melhores dispositivos de localização, a Armada Infinita. Ten Var testemunhou como a BASE voou para o Rubi Gelado e caiu de volta no espaço livre. As localizações mostraram que a nave capitânia estava, na verdade, na galáxia M-82. Mas a Frota Galáctica não foi localizada. De acordo com Taurec, um efeito de confete espalhou as unidades por toda a ilha estelar. Em vez de um ataque dos povos auxiliares da superinteligência Seth-Apophis, a Armada Infinita se materializou em etapas. No final de fevereiro, a base denominada BASE-ONE foi evacuada e Herth ten Var partiu com a BASE e toda a Frota Galáctica a caminho da estação espacial Loolandre. Durante o voo, atividades foram observadas pelos povos auxiliares da superinteligência negativa Seth-Apophis. Algum tempo depois, Seth-Apophis atacou diretamente e enviou um feixe de jato psiônico. Essa influência fez de milhares de galácticos seus agentes, incluindo Herth ten Var. Depois que Seth-Apophis perdeu contato com sua consciência coletiva, ten Var foi libertado de sua influência. No ano 446 NCG, ele era o médico-chefe, mas continuou a cuidar pessoalmente de pacientes como Sato Ambush, que desmaiou após os eventos no planeta Styx IV. Ele permaneceu na nave até que ela foi descentralizada pelo Tubo Hamiller no ano 448 NCG.


 

Créditos: 

Fontes


  • PR1033, PR1044, PR1100, PR1107, PR1108, PR1160, PR1161, PR1272, PR1324.
  • RP-292, RP-326.
  • Seção Glossário da edição digital da SSPG: volumes especificados no campo Glossários Veiculados.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “Herth ten Var”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2.
Seção do Site: 
Glossarios Veiculados: