Hetos dos Sete

Organização Estatal de âmbito galáctico. Também chamado de Concílio dos Sete ou Liga das Sete Galáxias, uma união de poder composta por seis povos distintos com o objetivo de conquistar cada vez mais partes do Universo. Era um bloco de poder intergaláctico com objetivos expansionistas, que a partir do ano 3459, por mais de cem anos, entre outros, dominou a Via Láctea. O superser Aquilo chamava o Hetos de os Sete Selos.

Sumário


O Hetos consistia de um total de sete povos. Seus povos-membros eram:

  • 1º) os lares, pioneiros e conquistadores;
  • 2º) os hyptons, planejadores, remodeladores e reguladores;
  • 3º) os mastibekks, fornecedores de energia das frotas dos lares;
  • 4º) os greikos, integradores que garantiam a continuidade do Concílio;
  • 5º) os keloskianos, previsores, planejadores e estrategistas computacionais (involuntários);
  • 6º) os zgmahkonenses, verdadeiros fundadores do Concílio.

O sétimo povo do Concílio, os koltonenses, não existe mais. A existência dos koltonenses como o sétimo povo, no entanto, era desconhecida dos outros povos do Hetos.

Cada um dos povos tinha um papel importante a desempenhar: Os zgmahkonenses fundaram o Concílio e recrutaram os outros povos-membros de acordo com suas habilidades: assim, os lares eram os militares e os mastibekks eram os responsáveis pelo suprimento de energia. Como sétimo povo do Concílio, primeiramente foram vistos os especialistas da noite, até que se descobriu que eles só tomaram o legado dos koltonenses. Os koltonenses uma vez passaram seus conhecimentos sobre as forças e segredos dos buracos negros e túneis dimensionais para eles e desapareceram do nosso universo há muito tempo (com exceção de Voillocron). Os especialistas da noite, no entanto, foram degradados pelos zgmahkonenses à insignificância cósmica e usados apenas para a satisfação de seu próprio desejo pelo poder. No auge de seu poder, o Concílio dos Sete dominou sobre 18 galáxias.

  • Nota: O balão dakkardim como o centro dos zgmahkonenses tinha 18 saídas, mas provavelmente nunca foram abertos mais do que cinco daquelas, essas cinco resultaram em galáxias com os povos do Concílio.

O Concílio dos Sete controlava, entre outros, as galáxias NGC 3190 (lares), Chmacy-Pzan (hyptons), Absomman-Pergh (galáxia natal dos zgmahkonenses) e a galáxia perdida Balayndagar (keloskianos). Os zgmahkonenses e os últimos representantes dos koltonenses viviam no balão dakkardim. Também o novo lar dos keloskianos evacuados pelos lares durante o naufrágio de Balayndagar dessa galáxia é desconhecido. As galáxias conhecidas do Concílio estão em relação à Via Láctea na direção do Turbilhão Estelar. Os lares formaram regimentos inteiros de soldados dos povos conquistados, que foram levados já como crianças para as escolas de cadetes. Dessa forma, eles criaram seguidores leais e pouparam seus próprios recursos.

Estrutura Política


O mais alto representante do Hetos em uma galáxia anexada era o Emissário dos Hetossanos. Ele liderava a frota conquistadora e nomeava outros ocupantes de cargo subordinados a ele, por exemplo, o Primeiro Hetran. O Emissário dos Hetossanos designado para a Via Láctea era o lare Hotrenor-Taak.

História


A Formação

O povo dos zgmahkonenses foi levado por um buraco negro juntamente com seu mundo natal, de lá eles entraram no balão dakkardim com a ajuda dos especialistas da noite. O surgimento dos especialistas da noite e a queda no balão dakkardim foi manipulado pelos últimos koltonenses. Os koltonenses foram, portanto, os verdadeiros iniciadores e os primeiros membros do mais tarde Concílio. Os zgmahkonenses agiram em seu interesse, sem que eles soubessem disso. Com a ajuda dos especialistas da noite, ocorreram expedições a partir do balão dakkardim durante um longo período de tempo em cinco das 18 galáxias conectadas ao balão dakkardim através do túnel dimensional. Lá, os futuros povos-membros foram descobertos e suas habilidades especiais reconhecidas. No ano 3459, quando os lares invadiram a Via Láctea, o Hetos dos Sete era um poder sem precedentes para os seres humanos naquela época. Em janeiro do ano 3459, os lares chegaram na Terra, e seu representante Hotrenor-Taak, o Emissário dos Hetossanos, comunicou a Perry Rhodan que a Via Láctea estava sendo incorporada à organização e foi-lhe oferecido o posto de Primeiro Hetran. No ano 3583, o lare já envelhecera, mas sua idade avançada não impediu que seu cérebro ainda maquinasse os planos mais diabólicos.

A Derrocada

Após a fuga da frota lare da Via Láctea no ano 3585, o ex-Emissário, no entanto, escolheu ficar para trás na Galáxia, tornando-se assim um ajudante dos terranos. Após o isolamento do balão dakkardim, ocorreu a desintegração final do Hetos.


Créditos: 

Fontes


  • P650, P651, P652, P657, P660, P662, P710, P720, P726, P727, P728, P729, P730, P731, P744, P752, P843, P845.
  • Seção Glossário da edição digital da SSPG: volumes especificados no campo Glossários Veiculados.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “Hetos der Sieben”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2. Informações extraídas em parte do site Perry Rhodan und Atlan Materiequelle (www.pr-materiequelle.de).
Seção do Site: 
Verbete Principal: