Jen Salik

Terrano. Ele é um dos últimos cavaleiros das profundezas.

Descrição Física


No ano 3587, ele tem 120 anos de idade, 1,68 m de altura e é de constituição normal, sem parecer particularmente atlético. Em seu rosto, sempre levemente corado, o mais marcante é o seu nariz pontiagudo, um pouco grande demais. Os olhos são pequenos, cinza-azulados e fortemente brilhantes; o queixo é pontudo; o cabelo é castanho-escuro, curto e levemente encaracolado.

Características Psicológicas


Ele é considerado um homem quieto e introvertido. É tímido e reservado. A voz é gentil - ele raramente fala alto, mas devagar e sonhadoramente. Salik gosta de rir, às vezes ele mostra ironia gentil. Ele é considerado prestativo e de inteligência mediana, toca bem violino; é um enxadrista razoavelmente bom e, apesar de não ser religioso, gosta de discutir o assunto da reencarnação. Ele se manteve longe das mulheres desde um caso que ocorrera em sua juventude e que quase lhe custara a vida. Também lê muito, gosta de comer doces e prefere beber vinhos doces. Laços familiares ou amigáveis, ele tem poucos. Antes de se tornar um cavaleiro das profundezas, ele já dominava três línguas antigas (inglês, alemão e francês) e possui amplo conhecimento em biologia.

História


Durante a crise dos orbitantes

Jen Salik veio para a Terra como parte da campanha do "Projeto Peregrinador" e passou a trabalhar na cidade de Amsterdã como engenheiro climático para a pequena empresa R. Kanika e Cia. Após o redespertar do falso cavaleiro das profundezas Igsorian de Veylt (Harden Coonor) no ano 3587, seu conhecimento começou a transbordar em Salik e fez dele um gênio. Essa condição assustou-o longamente até que soube o motivo: o sikr Marifat apareceu-lhe em sonho e explicou-lhe que ele, Salik, era um descendente distante de Armadan de Harpoon e que o sikr estava saldando a última parte de uma dívida muito antiga com o cavaleiro. Salik chamou a atenção para si mesmo pela primeira vez quando entrou em contato com Julian Tifflor para ajudá-lo com o problema dos orbitantes. Ele sugeriu que os orbitantes fossem persuadidos de que havia agora dois grupos de garbeschianos — aqueles que ainda eram agressivos e aqueles que se tornaram pacíficos e, claro, incluíam os terranos. Essa teoria aparentemente foi provada por um ataque simulado dos garbeschianos agressivos contra a fortaleza de vigilância Escaravelho, fazendo com que os orbitantes estendessem seu ultimato em 30 dias. Depois disso, Salik retirou-se para uma área deserta na América do Sul, pois suas mudanças haviam se tornado tão confusas que ele achava que estava enlouquecendo. Quando se acalmou, ele retornou para Império Alfa. Tifflor estava em uma situação sem esperança por causa dos tremores espaciais. Os orbitantes acusavam-no de usar uma arma secreta que destruiria seus mundos também. Salik sugeriu que os orbitantes evacuassem a população da Via Láctea para salvá-la dos tremores espaciais. Tifflor, desapontado com o desaparecimento do cavaleiro, achou que a ideia era louca demais para propor ao comandante dos orbitantes, Quiryleinen. O orbitante foi para a Terra para uma última entrevista pessoal. Ali, ele conheceu Jen Salik e, surpreendentemente, submeteu-se a ele, pois reconheceu nele um cavaleiro das profundezas. Para o restante dos orbitantes, no entanto, isso não se aplicou inicialmente, depois de terem sido informados por Quiryleinen. Ele também convocou toda a frota de espaçonaves-cunha para que a Via Láctea pudesse ser evacuada. No entanto, o garbeschiano Amtranik, que havia se infiltrado na Instalação alegando ser o preservador dos códigos Keijder, semeou a desconfiança, atrasando os esforços de evacuação. Em contrapartida, Salik virou o jogo e exigiu, por sua vez, que o suposto preservador dos códigos fosse verificado. Quando o terrano foi reconhecido também por outros dois orbitantes como um cavaleiro das profundezas, Keijder pediu-lhe então que viesse pessoalmente para o planeta Martappon. Embora Salik tivesse certeza de que se tratava de uma armadilha, ele embarcou imediatamente na nave-cunha Furmal-Cer para ir à Instalação. Ele temia que Keijder tivesse feito tanta maldade ali que chegasse atrasado para impedi-lo.


 

Créditos: 

Fontes


  • PR969, PR970, PR973, PR974, PR975, PR985, PR988, PR989, PR993, PR994, PR995, PR996, PR997.
  • Seção Glossário da edição digital da SSPG: volumes especificados no campo Glossários Veiculados.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “Jen Salik”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2. Informações extraídas em parte do site Perry Rhodan und Atlan Materiequelle (www.pr-materiequelle.de).
Seção do Site: 
Glossarios Veiculados: