Romeu e Julieta

Dupla de robôs especiais a bordo da espaçonave SOL. Os excêntricos robôs eram as duas estações externas móveis da hiperimpotrônica de bordo Sêneca e mantinham contato permanente com a mesma através de hiper-rádio, servindo como extensões da biopositrônica. Eram os melhores amigos de Joscan Hellmut.

Descrição


Os dois robôs foram especialmente projetados para um longo voo com a SOL. Os melhores cientistas projetaram as máquinas de última geração do ponto de vista psicológico, deixando as pessoas felizes com a visão dos robôs, dando-lhes uma nova esperança. Deliberadamente, sua aparência desajeitada e um pouco caricata, correspondia exteriormente às ideias que as pessoas do final do século XX tinham dos "robôs típicos" daqueles romances de ficção científica do século XX. Isso foi proposital, pois eles também tinham a função de divertir os tripulantes da SOL em sua longa viagem. Apesar de sua aparência cômica, eles não devem ser subestimados, pois possuem inúmeros radiadores e paralisadores escondidos sob sua pele metálica. Romeu era azul e Julieta era rosa. As duas unidades robóticas possuem aproximadamente formas humanoides com 2,50 m de altura e construção maciça. Os corpos robóticos consistiam de uma liga de aço de inquelônio-terconite. No seu interior, contudo, encontra-se um mecanismo positrônico tremendamente complexo, que corporifica as últimas descobertas da moderna técnica. Eles eram equipados com potentes positrônicas, mas, ao contrário de Sêneca, não tinham plasma celular adicional. Eles tinham cabeças angulares em pescoços móveis e corpos em forma de caixa, cravejados de pequenas lâmpadas, bem como braços e pernas finos. Nos braços e pernas, podia-se ver as articulações. Eles também tinham aberturas redondas como “boca”, duas aberturas redondas de luz vermelha como olhos, bem como uma narina circular e orelhas em forma de cone feitas de arame aéreo. Os olhos de Romeu tinham um ilhó quadrado, os olhos de Julieta eram redondos. Na parte frontal do corpo de caixa de Julieta havia duas protuberâncias hemisféricas. Os robôs falavam com uma voz rangente. Atrás dos flaps ocultos estavam vários radiadores múltiplos/impulsos e paralisadores. Além disso, eles tinham campos defensivos individuais. Na central da SOL, havia conectores especiais, chamados de manobras e campos de batalha, que poderiam ser usados por esses robôs. Na parte inferior da frente do corpo robótico havia quatro contatos de plugue extensíveis.

Atribuições


O casal de robôs deveria ser um fator de estabilização psicológica durante a longa viagem da espaçonave. Ambos os robôs também tinham uma programação de primeiros socorros que lhes permitiam fornecer assistência médica aos solanenses. Eles tinham uma conexão especial com o cibernético Joscan Hellmut por um longo tempo.

História


No Caminho para o Plano da Consumação

Já na primeira ação da SOL, no sistema Malibu (em julho do ano 3540), Romeu estava no time de pessoal para o lado e realizou o bombardeio do campo-zero por meio das bombas UQD. Quando encontraram junto com Joscan Hellmut 3578 em Last Stop uma das máquinas que impediam a SOL de partir, Romeu e Julieta de repente a apagaram, de modo que apenas uma pilha de poeira lembrou a máquina antes que Hellmut pudesse relatar sua descoberta. A pedido, eles não quiseram explicar por que fizeram isso. Quando Hellmut perguntou a Sêneca sobre o motivo da ofensa, ele recebeu a incrível resposta de que Romeu e Julieta não estavam sob seu controle na época e que ele não sabia nada sobre a ação. Hellmut, que estava muito preocupado, ocultou o incidente, para que Romeu e Julieta não fossem examinados. Mais tarde, descobriu-se que o casal de robôs tinha agido sob ordens de Sêneca. Ambos os robôs foram rastreados por Gucky e temporariamente baleados incapacitados. Em agosto do ano 3578, Romeu e Julieta foram enviados com a nave Brescia, sob o comando de Galbraith Deighton, para iniciar as negociações com os keloskianos. Para garantir que Sêneca não influenciasse, a comunicação entre o casal de robôs e ele foi cortada. No entanto, ele previu isso e já havia instalado uma unidade de reposição. Então Romeu e Julieta puderam assumir o controle da Brescia sob o comando de Sêneca e conduziram o cruzador para o planeta Takrebotan em vez do planeta Tomphus como planejado. Ali, a tripulação ficou paralisada pelo gás anestésico e a nave foi capturada pelos keloskianos. Eles levaram a tripulação para fora e começaram a voltar para o planeta Last Stop para assumir a SOL. Joscan Hellmut estava muito atrasado para separar o hiperlink entre os robôs e Sêneca, mas a partir de então eles estavam sob seu controle. Todos os três foram forçados a controlar a Brescia para os keloskianos porque eles não podiam fazer isso por causa de seus membros desajeitados. Quando a Brescia foi recapturada por Perry Rhodan, o casal robótico foi desativado por enquanto, para que eles não causassem mais danos. Eles só foram reativados a pedido do mestre calculista Dobrak, quando ele precisava deles para poder operar o Shetanmargt. Mais tarde, descobriu-se que o casal robótico provavelmente havia seguido uma programação da superinteligência Aquilo, assim como o próprio Sêneca, que serviu para cumprir o plano da consumação. Em janeiro do ano 3581, eles escoltaram Dobrak em um túnel dimensional do balão dakkardim e foram especialmente suplementados para esse fim com alguns componentes do Shetanmargt. Ali, a tripulação que Py encontrou, no entanto, enviou uma radiação emocional que fez com que cada coisa viva apatia. Romeu e Julieta removeram a fonte de radiação com um bisturi de alta energia e, juntos, retornaram para a SOL. No ano 3582, Galto Quohlfahrt ouviu uma conversa entre Joscan Hellmut e Julieta que o fez suspeitar que Hellmut estava tentando influenciar Sêneca pelo casal robótico no interesse dos solanenses.

Na Busca pela Terra

No início do ano 3583, Romeu e Julieta foram assumidos pelo Comp, que acabara de ser trazido para bordo, e assim estavam sob o controle da Imperatriz de Therm. Os dois robôs, junto com Joscan Hellmut, ajudaram o Comp a se apossar da SOL. Assim, eles também não se esquivaram da violência. Quando Vigo Hynes os apanhou manipulando um computador, eles o espancaram e ele foi mortalmente ferido na cabeça. Um pouco mais tarde, quando Perry Rhodan questionou e atacou os robôs no depósito do Comp, ele também foi paralisado por Romeu.

No ano 3586, o casal de robôs também tomou parte no voo da SOL para a galáxia Tschuschik na busca pela nave semeadora do Poderoso Bardioc.


 

 
Créditos: 
  • Capa da edição brasileira: Copyright © SSPG Editora – Star Sistemas e Projetos Gráficos Ltda., Brasil.

Fontes


  • PR701, PR710, PR713, PR714, PR715, PR716, PR717, PR726, PR730, PR764, PR770, PR791, PR800, PR867, PR907.
  • Seção Glossário da edição digital da SSPG: volumes especificados no campo Glossários Veiculados.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “Romeo und Julia”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2.
Seção do Site: