Bem-vindo(a) à Stardust Page

Seja bem-vindo(a) à Stardust Page! Este site é dedicado à maior série literária de ficção científica de todos os tempos: Perry Rhodan.

A missão do site é prover conteúdo sobre a série Perry Rhodan tanto para quem ainda não a conhece quanto para quem já é fã de longa data. Aqui o visitante poderá ler sobre o que é a série, seu enredo básico e qual o status dela atualmente. O site também apresenta as últimas novidades em lançamentos da série, resumos de episódios e ciclos, imagens de capas e outros materiais.

A Stardust Page é apoiada pela SSPG Editora, a editora da série no Brasil. No entanto, ao contrário do site oficial da editora, a Stardust Page cobre também outras áreas da série que por enquanto estão além da edição da SSPG.

Lorvorc

Um dos sete Poderosos, que conduzia antigamente a nave semeadora Wasten-Galt. Lorvorc era corpulento e tinha uma aparência imponente. Ele tinha uma figura musculosa, cabelos ondulantes e olhos brilhantes, como todos os atemporais. Da mesma forma que os demais Poderosos, ele tinha um castelo cósmico. Lorvorc tinha muitas vezes afirmado que a Plataforma não passava de uma ilusão de óptica, uma fantasia que se manifestava como um sonho, na qual apenas o robô Laire era real. Ele sofria de solidão e, depois que a Liga dos Poderosos foi dissolvida, ficou sob crescente tédio.

Irmandade dos Verdadeiros Zaphoorenses

Tribo dos zaphoorenses que habita os recintos centrais do castelo cósmico de Murcon (chamado de a Grande Hospedaria pelos zaphoorenses). Essa irmandade é a mais poderosa dos zaphoorenses. No ano 3586, seu líder e soberano é Boronzot. Ele é um rei cruel e inescrupuloso, que pretende se tornar o rei de todos os zaphoorenses. Quando o mestre da fonte Pankha-Skrin foi trazido ao castelo de Murcon por um mensageiro cinzento, um tipo de nave robotizada, ele foi primeiramente levado até a presença de Boronzot.

Irmandade das Mulheres Independentes

Tribo dos zaphoorenses formada exclusivamente por mulheres, as quais habitam o castelo cósmico de Murcon. Essa irmandade de mulheres habita uma das oito torres altas da Grande Hospedaria (como os zaphoorenses chamam o castelo). No ano 3586, a sua superiora era Salsaparú, chamada de olhos-tortos. Essa irmandade possui uma organização rígida, que foi introduzida primeiramente pela antecessora de Salsaparú e depois foi reforçada por esta. As vantagens dessa organização se mostraram perceptíveis quando da chegada do mestre da fonte Pankha-Skrin.

Pilobolus zaltertepeus matris

Nome dado pelos siganeses da subcolônia de Zaltertepe ao fungo que representava uma ameaça grave para sua existência naquele planeta no ano 3587. Primeiramente, o fungo foi percebido pelos siganeses apenas como uma ameaça para a árvore-garrafa em que a colônia de siganeses vivia. Era característica do fungo que não podia ser interrompido, nem mesmo diante de metal-plástico, secretava bilhões de cápsulas de esporos em determinados intervalos, que agem mortalmente na inalação em siganeses.

Nistor

Robô, o helk do mestre da fonte Pankha-Skrin. Externamente, Nistor consiste em uma estrutura semelhante a um cilindro com cerca de 17 m de comprimento e cerca de 6,50 m de diâmetro. Nistor é formado por nove segmentos, e cada um pode agir de forma autárquica. Cada um dos nove elementos tem seus próprios hipercaptadores de campo e um roteador transmiterm com um alcance de salto de transição de 263 anos-luz.

Mestre da fonte

Designação dada a um líder específico do povo dos loowers. Até o ano 3580, a tarefa do mestre da fonte consistia em encontrar a fonte de matéria que poderia ser aberta com o Olho do robô dos cosmocratas Laire, do qual os loowers tinham se apossado e escondido na Terra. Para executar essa tarefa, forma-se na parte de trás do corpo do mestre da fonte o skri-marton, também chamado de a morada da fonte. A atividade do skri-marton é um dos três sinais que fazem o mestre da fonte reconhecer que ele se encontra muito próximo de seu destino.

Melbar Kasom

Ertrusiano, nascido no ano 2282. Ele era um especialista da USO e parceiro do siganês Lemy Danger. Ele tinha 2,51 m de altura com uma largura nos ombros de 2,13 m. Teve um bisneto chamado Toronar Kasom. Ele também tinha as capacidades especiais de seu povo (forças titânicas e capacidade de reação incrível), que durante a sua formação na USO foram aperfeiçoadas ainda mais. Melbar Kasom falou de si pela primeira vez no ano 2326, juntamente com seu parceiro siganês Lemy Danger. Ele era primeiro-tenente da USO e ajudou na busca aos ativadores celulares.

Lemy Danger

Siganês, nascido no ano 2234. Ele era um especialista da USO e parceiro do ertrusiano Melbar Kasom. Era casado com a siganesa Mitra com quem teve o filho chamado Bosil. Danger tinha 22,21 cm de altura, uma largura dos ombros de 63,32 mm e pesava apenas 852,18 gramas. Sua cor da pele era como a de todos os siganeses, de um verde limão delicado, e o cabelo era preto profundo. Danger tinha as capacidades especiais de seu povo, que foram aperfeiçoadas na formação na USO. Foi o primeiro siganês a frequentar a Academia da USO.

Haman Gheroel

Humano, nascido no planeta Gaia. Pelo seu caráter, Haman Gheroel é um homem autoritário e, ao mesmo tempo, um seguidor da autoridade. Ele veio originalmente de Sol-Town, em Gaia, onde vivia com sua esposa, Aldina Feyroen, e suas filhas, Kerinnja e Baya. No Punho de Provcon, Haman Gheroel era um agenciador-p, que é a pessoa de contato com os pilotos do vácuo. No âmbito do retorno dos terranos para a Terra, sua família foi reinstalada a seu pedido em Istambul, onde seus antepassados ​​distantes e sua esposa se originaram.

Gondervold

Espaçonave dos loowers pertencente à kairaquola, a frota do mestre da fonte Pankha-Skrin. Seu comandante é Burnetto-Kup.

Dados Técnicos


A nave tem um comprimento de 660 m e o diâmetro da popa fica em 200 m.

Páginas