Classe Stardust

Categoria de espaçonaves dos terranos do tipo couraçado, constituída por veículos esféricos com um diâmetro de 800 metros. Como elas carregam muitas naves auxiliares a bordo, elas são classificadas como naves portadoras.

Dados Técnicos
Dados Valores
Tipo: nave esférica
Tamanho: 800 m
Computador de bordo: positrônica
Propulsão subluz: propulsor de impulsos e propulsor antigravitacional
Aceleração: 500 a 600 km/s²
Propulsão ultraluz: propulsão linear (tipo kalup)
Naves auxiliares: girinos, space-jets, caças espaciais, shifts.
Tripulação: 1.400 pessoas

Dados Gerais


Os dados técnicos fornecidos referem-se a um couraçado do início do século XXV. Esses couraçados alcançavam uma aceleração de 500 a 600 km/s². Têm 42 andares principais, que são subdivididos cada um em quatro a cinco pisos. As centrais individuais se encontram no núcleo da nave e são protegidos especialmente pela própria blindagem. Poços antigravitacionais e numerosas esteiras rolantes asseguram uma acessibilidade rápida a todos os departamentos.

Espaçonaves dessa Classe Conhecidas


Algumas espaçonaves dessa classe conhecidas são:

  • Dreadful, Exodus, Fedória, Heliópolis, Helos, Ironduke, Merktoff, Mohikan, Poseidon, Stardust III e Victory.

História


A primeira espaçonave dos terranos desse tipo não foi nenhuma construção própria, mas sim uma nave arcônida da classe Império, da qual os tópsidas tinham tomado posse. Perry Rhodan conquistou-a dos tópsidas no ano de 1975, no sistema estelar Vega, com a ajuda do Exército de Mutantes, e a batizou com o nome de Stardust III. Mais tarde, seguindo o modelo da Stardust III, os terranos construíram outras naves desse tipo em produção em série. Essas foram continuamente desenvolvidas e modificadas. No entanto, a Stardust III e suas sucessoras ainda estavam equipadas com propulsores de transição. A Ironduke, no início do século XXII, foi o primeiro couraçado da classe Stardust com a recém-desenvolvida propulsão linear para o voo ultraluz. Também o Novo Império Einsteiniano (NIE) dispunha de naves da classe Stardust. No ano 3586, a nave de longa distância BASE foi equipada, entre outras coisas, com quatro couraçados da classe Stardust. Esses foram projetados como as chamadas provedoras, para permitir que a BASE operasse autarquicamente, tendo em vista as suas necessidades de matérias-primas. No ano 1285 NCG, com a Papermoon, a Liga dos Terranos Livres reintroduziu os couraçados da classe de 800 m.


 

Créditos: 

Fontes


  • PR11, PR50, PR107, PR132, PR146, PR200, PR404, PR514, PR720, PR858, PR1800.
  • Seção Glossário da edição digital da SSPG: volumes especificados no campo Glossários Veiculados.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “STARDUST-Klasse”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2.
Seção do Site: 
Glossarios Veiculados: