Ganerc

Integrante do grupo dos sete Poderosos, que já se destacava como um Poderoso de baixa estatura. Sua antiga nave semeadora era a Gor-Vaur.

Descrição Física


Na sua forma original de um Poderoso, era particularmente notável por sua baixa estatura. Ele tinha apenas cerca da metade do tamanho desses. Mais tarde, ele deslizou para a forma anã do marionetista Callibso.

História


Como os outros Poderosos, Ganerc continuou seguindo o Chamado para construir um Enxame que deveria servir para espalhar a vida e a inteligência pelo Universo. Ele foi o único dos sete que uma vez perdeu um Chamado; ele nunca falou sobre as razões. Quando surgiu a suspeita da traição de Bardioc, Ganerc se ofereceu para assumir o papel de guardião do Enxame, pois estava preocupado que ele estivesse em perigo. Desde que não foi autorizado a exercer a função de um guardião do Enxame em sua forma como um Poderoso, ele escolheu uma forma anã e o nome “Callibso”. Então, ele deslizou para dentro do corpo e assumiu a figura de anão de Callibso, o “marionetista de Derogwanien”. Como arma para sua função de guardião ele escolheu um Traje da Destruição. Quando ele tinha cumprido seu dever como guardião por várias centenas de anos, o Traje da Destruição foi roubado dele por Bardioc, o que o obrigou a viver no exílio junto dos mortais. Ele tinha apenas um pequeno fragmento do material do Traje, alguns objetos de equipamento, que ele mantinha em seu chapéu alto, e sua espaçonave, uma célula de luz. Desde essa época, Ganerc-Callibso passou a utilizar o sistema de transporte das fontes do tempo para procurar pelo utensílio perdido, pois essa era a única forma de seguir seu dever de guardião e conseguir retornar para junto de seus semelhantes. Ganerc foi em busca do Traje na forma do anão Callibso. Ao mesmo tempo, como marionetista de Derogwanien, Ganerc controlava a civilização de marionetes que ele criara no planeta Derogwanien.

A Perda do Corpo

No ano 3581, Ganerc encontrou-se com Alaska Saedelaere em Derogwanien e recebeu de volta o Traje da Destruição, que o terrano tinha recebido do cyno Schmitt. Durante suas viagens pelas fontes do tempo, Ganerc deixava seu corpo em Derogwanien e enviava apenas sua alma na jornada. Devido a um erro de Alaska, que trouxe a marionete favorita de Ganerc à vida, esse corpo foi destruído (esfaqueado pela marionete). Por essa razão, o espírito de Ganerc ao retornar teve que reviver a marionete e não seu corpo original. Logo depois disso, Ganerc deixou Derogwanien para buscar a Liga dos Poderosos com seu Traje recuperado, deixando Alaska para trás, que veio pouco depois, através da fonte do tempo, para a Terra despovoada.

A Odisseia de Ganerc

Suas esperanças associadas ao Traje não puderam ser cumpridas. A Liga dos Poderosos havia sido dissolvida há muito tempo. Ganerc seguiu uma mensagem de Kemoauc, que o encarregava de libertar o traidor Bardioc de seu cativeiro. Quando chegou ao sistema estelar Parfoex-Par, ele ajudou Perry Rhodan e a tripulação da nave SOL no renascimento de Bardioc. No ano 3586, Ganerc-Callibso finalmente encontrou Bardioc. Ele seguiu a bordo da SOL em busca da nave semeadora de Bardioc, a Pan-Thau-Ra, para a galáxia Algstogermaht; ao longo do caminho para lá, ele tornou Bulloc, a quarta encarnação de Bardioc, inofensivo por um longo tempo. Então ele foi para a Plataforma e roubou equipamentos técnicos lá. Por isso, ele foi punido pelos cosmocratas: a partir de então ele não poderia retornar ao seu castelo cósmico. Portanto, ele tentou encontrar o castelo cósmico de outro Poderoso e procurou em primeiro lugar a posição do castelo de Murcon. Porém, o castelo tinha desaparecido. No entanto, ele encontrou as pistas da kairaquola e seguiu uma indicação para o planeta Erskriannon, onde a tripulação se retirara. No entanto, essa não pode ajudá-lo e ele percebeu que os membros da tripulação não conheciam melhor sua verdadeira identidade. Então ele os deixou novamente depois de um curto período de tempo. Ele retornou à posição do castelo de Murcon e encontrou a nave terrana BASE. Perry Rhodan, também em busca dos castelos cósmicos, alegremente o levou a bordo. Ali, ele descobriu também que os cosmocratas haviam tomado sua imortalidade, porque ele mostrava sinais de envelhecimento. Essa também foi a razão pela qual ele não pôde mais entrar nos castelos. No entanto, com essa pista crucial, Rhodan, Atlan e Ganerc conseguiram superar a barreira invisível ao redor do castelo de Lorvorc. Enquanto Rhodan e Atlan foram capturados pelo único habitante sobrevivente, Cerveraux, Ganerc se deparou com o túmulo de Lorvorc. Como as máquinas o reconheciam como um Poderoso, ele não foi atacado. Ele percebeu que isso era uma manobra de engodo insano e Lorvorc estava tentando renascer em Cerveraux. A partir desse, uma massa disforme realmente escorregou, e Ganerc atirou nele instantaneamente. Depois de encontrar a chave adicional no castelo de Ariolc, Ganerc decidiu retornar a Derogwanien com Alaska Saedelaere para obter a sua própria chave. Ganerc, já atraído pela morte, sentiu que não haveria retorno para ele. Chegando em Derogwanien, ele destruiu o Traje de Destruição. Através da para-energia liberada, ele foi absorvido na civilização de marionetes, na qual ele já havia deixado uma parte de sua identidade parapsíquica.


 

Créditos: 
  • Capa da edição brasileira: Copyright © SSPG Editora – Star Sistemas e Projetos Gráficos Ltda., Brasil.

Fontes


  • PR646, PR667, PR746, PR850, PR851, PR860, PR861, PR871, PR884, PR885, PR895, PR916, PR917, PR918, PR929, PR930, PR933, PR934, PR944, PR966.
  • Seção Glossário da edição digital da SSPG: volumes especificados no campo Glossários Veiculados.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “Ganerc”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2.
Seção do Site: