Jupor Pleharisch

Solanense. Ele era um portador de simbionte e, dessa forma, foi escravizado mentalmente por Seth-Apophis.

Descrição Física


O homem, com cerca de sessenta anos de idade no ano 425 NCG, era incrivelmente magro. Seu cabelo louro-claro era cortado curto.

Características Psicológicas


Era um ciberneticista altamente qualificado, muito familiarizado com todos os tipos de sistemas de comunicação modernos. Jupor também parecia ter a habilidade de conquistar outras pessoas de imediato.

História


Ele era um dos descendentes dos solanenses originais que acompanharam Atlan em seu retorno do Ducado de Krandhor para a Via Láctea. Logo após a sua chegada em agosto do ano 425 NCG, todos eles e a hiperimpotrônica Sêneca receberam spoodies que haviam sido manipulados por Seth-Apophis. Foi assim que a superinteligência negativa colocou os solanenses sob seu controle. A partir de então, eles passaram a agir exclusivamente em prol de Seth-Apophis e se prepararam para sua tomada de poder na Via Láctea. Para esse fim, vários solanenses manobraram para posições influentes na Terra. O objetivo de Jupor era a Estação de Controle Cibernético de Copenhague (abreviado como ECCC). Por meio de um truque, ele conseguiu ser aceito ali. Com as habilidades especiais que devia ao simbionte, foi fácil para ele conquistar os funcionários da ECCC. O pesquisador de vírus Quiupu também estava na ECCC, e, quando conheceu Jupor em 15 de novembro, ele imediatamente reconheceu que o homem estava carregando um simbionte. Quiupu conhecia essas criaturas. Ele criou uma variante que chamou de supervírus. Quando Quiupu tateou em busca do simbionte, Jupor reagiu agressivamente, mas, depois, afirmou que conhecia Quiupu desde o planeta Lokvorth. Um pouco depois, Jupor tentou assassinar Quiupu com uma bomba. O pesquisador de vírus suspeitou dos funcionários da ECCC, mas, um pouco depois, Jupor fez uma segunda tentativa de assassinato. Ele e Quiupu lutaram entre si, o que resultou em danos na ECCC. Jupor fugiu em um planador quando Quiupu recebeu ajuda. No parque de diversões Tivoli, Pleharisch foi derrubado por Quiupu, que imediatamente removeu o simbionte. Então, de repente, Gesil apareceu e matou Pleharisch de uma forma desconhecida.


 

Créditos: 

Fontes


  • PR1085.
  • Seção Glossário da edição digital da SSPG: volumes especificados no campo Glossários Veiculados.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “Jupor Pleharisch”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2.
Seção do Site: 
Glossarios Veiculados: