Kairaquola

Designação para a frota do mestre da fonte dos loowers. Ela também é designada como frota do mestre da fonte ou frota de busca.

Detalhes Técnicos


Todas as naves da frota apresentam a forma cônica típica das naves loowerianas. O comprimento delas é de cerca de 800 metros, e o diâmetro do círculo da base, de cerca de 300 metros.

Espaçonaves Conhecidas


  • Cencenaire, Gondervold, Rainamuur, Riesterbaahl.

História


Por volta do ano 3584 do calendário terrano, quando o mestre da fonte Pankha-Skrin encontrou a fonte de matéria há muito procurada pelos loowers, a kairaquola consistia de 37 espaçonaves. Basir-Fronth, Burnetto-Kup e Kerm-Tzakor formavam a primeira guarda de comandantes da kairaquola. Pouco tempo depois, a kairaquola foi atacada pelas naves robotizadas dos zaphoorenses, os chamados mensageiros cinzentos, e o mestre da fonte foi sequestrado. Este, no entanto, esperava esse caso e ordenou a seus comandantes que não resistissem e se colocassem em segurança. Contudo, depois disso, nenhuma espaçonave, com exceção da Gondervold, estava apta para voos de longa distância. Desse modo, a frota se retirou para o planeta Erskriannon a fim de reparar as naves e aguardar o retorno do mestre da fonte. Somente a Riesterbaahl, com os dados de posição de Erskriannon, ficou para trás no espaço, para o caso de o mestre da fonte retornar. A Gondervold, depois de alguns dias, foi para a Via Láctea, para lá pegar o Olho. O Poderoso Ganerc finalmente se juntou, em sua busca pelos castelos cósmicos, com a Riesterbaahl deixada para trás e seguiu a trilha para Erskriannon.


 

Créditos: 

Fontes


  • P903, P916.
  • Glossário: P916.
Seção do Site: 
Glossarios Veiculados: