Plofosense

Povo humanoide e inteligente da Via Láctea, originário do planeta Plofos. Seus indivíduos são descendentes de terranos que começaram a colonizar aquele mundo de oxigênio semelhante à Terra a partir do ano 2028.

Aparência


Os colonos do planeta Plofos não são exteriormente adaptados ao ambiente e, portanto, não diferem dos terranos normais.

Sociedade


Chefe Supremo/Presidente: O Chefe Supremo, também Chefe Supremo Regente, é o título mais alto do Império Plofosense e o do presidente do governo. Mesmo quando Mory Rhodan-Abro se tornou a primeira mulher a assumir o topo do governo, o título foi mantido dessa forma. Não se sabe se o Chefe Supremo é eleito diretamente pelo povo ou se inicialmente é proposto pela Assembleia do Conselho.

Coordenadores Conhecidos: Iratio Hondro, Mory Abro/Mory Rhodan-Abro e Munisho Aerce.

Assembleia do Conselho Legislativo: A Assembleia do Conselho Legislativo presumivelmente consiste em ministros presididos pelo primeiro-ministro - que é presumivelmente idêntico ao presidente.

Constituição: Os colonos de Plofos modificaram a constituição original logo no início do assentamento, que foi prevista pela comissão colonizadora terrana, e que se aplicava a todos os mundos de colonização. Em sua opinião, o presidente de um mundo ainda em formação precisava de mais poder do que o de um planeta há muito organizado. Dessa forma, a assembleia do conselho legislativo sucessivamente foi renunciando aos seus direitos constitucionais e transmitindo-os ao presidente. Iratio Hondro levou a Constituição ad absurdum e se tornou um ditador, cujas decisões e decretos só podiam ser discutidos pela assembleia do conselho legislativo, mas que não tinha nenhum poder de decisão.

Tecnologia


Espaçonaves: Suas naves também são esféricas, seguindo o modelo terrano.

Plofosenses Conhecidos


  • Akers, Alekom Jiggins, Al Jiggers, Armond Bysiphere, Ashton, Batengo, Berrings, Bingo, Blazon Alfa, Blazon Beta, Blundell, Boras, Bradock, Brenton, Breth Barba Negra, Brunticker, Caldeny, Carle Manchun, Denner, Derrigade, Enker Holt, Ennjing, Ereget Hamory, Erik Layette, Etehak Gouthy, Euten, Falbert, Felip Ardez, Fezzik, Froser Metscho, Genoth, Geoffry Abel Waringer, Gola, Haiker Lastron, Hathaway, Hito, Holgan, Iratio Hondro, Isit Huran, Jagson Crover, Jarin, Justhapeno, Kalu Hamprich, Kel Bassa, Kelso Jasper, Killam Feep, Konta Hognar, lorde Kositch Abro, Koster Heks, Landin, Lem Chandler, Lewie Herst, Lyoyk Harren, Mark Hinnan, Merl Hafgo, Michael Reginald Rhodan (semiplofosense), Mory Abro, Munisho Aerce, Oak van Heusen, Onton Hagehet, Peder Felje, Shelo Bontlyn, Sik Harren, Sono Aront, Suzan Betty Rhodan (semiplofosense), Unis Heyt, Walter Horve, Will Heeph, Zenro Haglefus.

História


No ano 2028, os primeiros colonos terranos se estabeleceram no planeta Plofos, situado no sistema Eugaul, e se autodenominaram plofosenses. Devido à radiação cósmica de Eugaul muito mais dura em relação ao Sol terrano, o DNA dos colonos em Plofos - além de ser influenciado pelo ambiente alterado – modificou-se, o que levou parcialmente à esterilidade e muitas famílias colonizadoras da primeira geração foram extintas. Na opinião dos médicos, uma nova espécie tinha surgido, e a geração bem-sucedida de descendentes entre terranos e plofosenses questionável. No entanto, essa suposição foi refutada pela realidade. A partir do ano 2178, Plofos tornou-se autárquico. Os plofosenses foram uns dos primeiros povos coloniais terranos a se tornarem independentes e a criarem um império próprio. No ano 2308, Iratio Hondro colocou-se à frente do governo e tornou seus subordinados dependentes de um veneno. Desde que Hondro foi designado um odioso da Terra, as frentes se endureceram entre os colonos e o antigo mundo natal.

  • Nota: O episódio PR 182 fala da eleição democrática de Hondro no ano 2319.

No ano 2328, ocorreu a revolta dos plofosenses, liderados pelo Chefe Supremo Iratio Hondro, contra o mundo-mãe Terra e o Império Unido. O clímax do confronto veio quando a ruptura aberta entre os dois mundos aconteceu no ano 2328 e Hondro raptou Perry Rhodan, Atlan, Reginald Bell, André Noir e Melbar Kasom. Com a morte de Hondro no ano 2329, Mory Abro, a filha do líder dos rebeldes neutralistas (e que se tornou a segunda esposa de Perry Rhodan), foi eleita em uma eleição democrática como a nova presidente de Plofos e assumiu o governo com o título de Chefe Suprema. Ela era uma garantia de que Plofos permaneceria na liga do Império Solar. Mory Abro foi morta junto com sua filha durante o levante dos panitheras no ano 2931. No ano 3444, após a crise do Enxame, a nova Chefe Suprema de Plofos Munisho Aerce candidatou-se pela Federação Social Galáctica pelos Direitos Civis para o cargo de Administradora-Geral contra Perry Rhodan sem sucesso. Em março do ano 3444, uma tentativa de extorsão contra ela por parte dos antis sob a liderança de Horcyrov Vuzton foi impedida por Orana Sestore e Sandal Tolk. Após a época do Concílio dos Sete, os plofosenses se juntaram à COPOG.


 

Créditos: 

Fontes


  • Pp179, Pp180, Pp181, Pp182, Pp183, Pp184, Pp185, Pp194, Pp195, Pp196, Pp198, Pf201, Pf238, Pf275, Pf276, Pf291, Pf300, Pf302, Pf355, Pf356, Pf384, Pf390, Pf400, Pf533, P601, P963.
  • Seção Glossário da edição digital da SSPG: volumes especificados no campo Glossários Veiculados.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “Plophoser”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2.
Seção do Site: 
Glossarios Veiculados: