Skri-marton

Órgão semiesférico, com cerca de cinco centímetros de altura, que se encontra na parte de trás do lóbulo que constitui a terminação superior do corpo em forma de rim de um loower. Na língua dos loowers, skri-marton significa “a morada da fonte”. O mais peculiar em relação a esse órgão notável é o fato de que o skri-marton não está presente no nascimento, mas forma-se somente nos loowers que são destinados ao honroso cargo de mestre da fonte, através de profundos pensamentos enteléquicos, assim como pela longa meditação dirigida à fonte de matéria. A importância do skri-marton é que ele reage à proximidade de uma fonte de matéria, pulsando mais intensamente do que o habitual. Para um mestre da fonte, assim, a atividade do skri-marton representa o primeiro (dentre três ou quatro) sinais para reconhecer que está perto da fonte de matéria procurada há milhares de anos pelos loowers. No caso do mestre da fonte Pankha-Skrin, além disso, o skri-marton advertiu-o repetidamente diante do perigo agudo, mas não ficou claro se isso era a expressão de um paradom ou apenas uma percepção subconsciente.


 

Créditos: 

Fontes


  • P903, P920.
  • Glossário: P916.
Seção do Site: 
Glossarios Veiculados: