Superpesado (Povo)

Povo inteligente humanoide da Via Láctea, trata-se de um clã, uma variante dos saltadores. Ao contrário dos clãs dos saltadores normais, eles não tratam com mercadorias, mas com o serviço de guerra.

Aparência


Os superpesados distinguem-se dos saltadores porque desde cedo vivendo num mundo de gravitação extraordinária seu físico ficou marcado. Habitam, preponderantemente, planetas com condições de alta gravidade. Essa circunstância condicionou a sua estrutura física quase quadrada, e a sua extraordinária força física. Fisicamente, os superpesados tem uma altura de aproximadamente 1,60 m, e largura na ordem de 1,40 m. Cada superpesado chega a pesar 500 kg ou mais, e altura de 2 m por 1,50 m de diâmetro; seu aspecto pode parecer medonho, embora não disforme. Seu cabelo é marrom avermelhado, com pele marrom escura e olhos negros como azeviche. A cor da pele cai para o esverdeado e o crânio liso não apresenta nenhum fio de cabelo. Em compensação, seguindo os costumes de sua raça, ostentam uma barba ruiva.

Caracterização

Eles possuem aproximadamente cinco vezes a força de um humano normal e podem reagir duas vezes mais rápido. Os superpesados amam o perigo, que podem encontrar bem por causa de sua enorme força física e robustez. Além de seu poder, sua excepcional capacidade de resposta também os ajuda a fazê-lo. Todo tipo de esporte, prazer de caça e outros passatempos perigosos são perseguidos com dedicação se eles não estiverem em combate de qualquer maneira. O caráter competitivo é particularmente importante, duelos diretos, que também podem levar à morte, não são raros e também parecem ter um certo significado cultural. Assim, especialmente os líderes têm que provar-se em um duelo e ali podem ser desafiados. Tudo está em primeiro plano para provar sua própria coragem e não ser considerado covarde, fraco ou sensível. Tudo é de propriedade de patriarcas e suas famílias que vivem em tempo de paz do comércio e às vezes invade planetas subdesenvolvidos. Como os saltadores, os superpesados vivem principalmente em suas espaçonaves. Mas eles também têm bases planetárias.

Planetas Ocupados Conhecidos

  • Obskon, Paricza.

Sociedade


Seguindo os costumes de sua raça ancestral, ostentam uma barba ruiva. Servem, mediante pagamento, como os guerreiros dos saltadores. E tal qual os saltadores, estão divididos em clãs e famílias. Como mercenários, eles trazem suas próprias naves ou pequenas frotas. Às vezes, eles se unem para formar grupos maiores e empregam um mais idoso que fica temporariamente no comando da frota reunida.

Tecnologia


Espaçonaves

Suas naves, assim como as dos saltadores, também são cilíndricas. Dispõem das melhores naves de guerra. As únicas forças que eles chegam a considerar como possuindo o mesmo nível (sem contar apenas o fator numérico) são os maahks e os terranos. Apesar do ódio geral dos saltadores com relação aos terranos, os superpesados sempre tiveram um respeito invejoso por eles. Desde a sua tomada do poder, com a ajuda dos lares, a técnica de suas naves foi continuamente melhorada e desenvolvida. Elas foram sendo equipadas, cada vez mais com equipamentos de toda a supertécnica lare, para poderem tomar para si a compensação, pelo menos em parte.

Espaçonaves de Combate (época dos lares)

Dados Técnicos
Dados Valores
Comprimento total: 1.200 m.
Diâmetro da fuselagem (casco): 260 m.
Aceleração máxima: 760 km/seg².
Propulsão: Dois propulsores lineares com um alcance máximo de 1.030.000 anos-luz.
Tripulação fixa:

1.900 homens, além de 650 homens para a flotilha de naves auxiliares.

Equipamento extra: Um satélite de combate automático, para funções de vigilância e controle.

Espaçonaves Conhecidas

  • Belltrag, Gramshah, Gerlmor, Kehatron II, Macria, Tal VI, Tal CLIII, Top I, Top II.

Superpesados Conhecidos


  • Arto, Asen, Atzta, Aynak, Behan Macrallyn, Biran Kompagie, Bosskerrigg, Bros Tandemar, Carsythe, Cekztel, Cresja, Detrolanc, Droggnar, Ebran Ablantur, Eftor Orratoll, Ertalon, Eymontop, Droggnar, Farrandor, Fruxinolt, Gatzek, Gerriat, Gresja, Grogham, Grugk, Hacop, Hatkyn Tekkeron, Hepprok, Herotop, Hreklitaan, Ithosz, Jappur, Jartham, Jonnerack, Kadcance, Kaffa, Kartop, Kerfonan, Koman Ok, Kounarp, Kralunt, Krehan Dunnandeier, Kreisor, Lagot Vermallon, Leticron, Maltcan, Mannjock, Maylpancer, Meistcon, Mimikar, Myrianad, Ocxal, Onkto, Poleicra, Rantmoger, Regol, Regul, Rennlynnk, Rhumoroon, Scormon, Sirger, Skarthom, Talamon, Tattol, Tolus, Topthor, Trantor Zharim, Trekcon, Tukor Rymel, Uktrav, Verntoser, Vrantagossa, Yandikor, Zoge.

História


Os superpesados sempre foram o braço armado dos saltadores e eram financiados por eles a partir de receitas comerciais. Como os saltadores, os superpesados vivem principalmente a bordo de suas espaçonaves. Mas também parece haver grupos sedentários, por exemplo, Leticron veio do planeta Paricza.

Século XX

Um dos primeiros superpesados que os terranos enfrentaram no século XX foi o patriarca Topthor e sua tripulação. No ano de 1984, Cekztel, o patriarca mais velho, era o chefe dos superpesados. O superpesado Talamon favoreceu os terranos, porque ele foi tratado muito justo por Perry Rhodan em uma disputa diante de Aralon. Então, ele o avisou que os aras chantageavam os saltadores. Os saltadores deveriam destruir a Terra ou suas bases planetárias seriam contaminadas com doenças. Na crença equivocada de que era a Terra, os superpesados juntamente com as naves dos saltadores destruíram Betelgeuse III. O único que sabia sobre o erro, Topthor, foi morto pelos terranos para não revelar o segredo.

Século XXI

No ano 2040, o superpesado Talamon, nessa época, trabalhava para o Robô Regente.

Século XXII

Durante o ataque dos pos-bis ao aglomerado globular M-13, os superpesados participaram ao lado de Atlan na defesa dos mundos habitados e também protegeram a frota de evacuação dos saltadores. Atlan enfatizou explicitamente a Perry Rhodan os méritos dos superpesados.

Século XXV

Os saltadores começaram a sofrer com a concorrência dos livres-mercadores terranos. Depois de uma derrota contra os livres-mercadores no setor das Urbtridas no ano 2415, seu monopólio comercial estava praticamente quebrado, o que dificultou também os “negócios” dos superpesados.

Século XXXV

Um importante planeta dos superpesados é o mundo de livre comércio Paricza, no sistema Punta-Pono. No ano 3459, o superpesado paradotado Leticron assumiu o poder lá. Como Corun de Paricza, ele comandou mais de 8.000 espaçonaves pesadas e superpesadas. Após a deposição de Perry Rhodan como Primeiro Hetran, Leticron foi nomeado pelos lares sob o Emissário dos Hetossanos, Hotrenor-Taak, no ano 3459, Primeiro Hetran da Via Láctea. Na batalha pelo Sistema Solar, os superpesados puderam reunir mais de 30.000 naves de guerra. Juntamente com os lares, os superpesados destruíram o Império Solar, ocuparam seus mundos e oprimiram a população residente lá e agiram em toda a Via Láctea como uma tropa de ordem do Hetos dos Sete. Um importante centro de poder nessa época era Marte, ocupado pelos superpesados. Depois da nomeação de Leticron para Primeiro Hetran, os superpesados se tornaram, com a ajuda dos lares, o povo dominante dentro da Galáxia. As frotas isoladas das ligas familiares foram reunidas para, desse modo, poderem garantir um controle do seu poder. O planeta Paricza tornou-se o seu mundo central. Ali e no planeta Obskon também se encontravam as suas mais importantes bases e estaleiros espaciais.

Século XXXVI

Leticron recuou para a Fortaleza de Aço em Titã. Em setembro do ano 3580, ele foi substituído pelo superpesado Maylpancer como novo Primeiro Hetran da Via Láctea. Esse veio do mundo de 3 g Obskon. No ano 3582, três naves cilíndricas dos superpesados atacaram a base secreta da COPOG no planeta Irrf, contudo, foram privados de seu sucesso pela CS-2-48. Não se sabe como eles souberam sobre a base. Após o fim do domínio do Concílio no ano 3585, os superpesados tornaram-se odiados e desprezados pelos povos oprimidos, mas depois foram aceitos como membros da COPOG.


Créditos: 
  • Capa da edição brasileira: SSPG Editora – Star Sistemas e Projetos Gráficos Ltda., Brasil.

Fontes


  • Pb32, Pb37, Pb45, Pb46, Pb49, Pb109, Pb137, Pf272, P663, P669/670, P680, P688, P689, P696, P697, P706, P707, P708, P709, P736, P737, P738, P760, P793, P794, P812, P842, P914.
  • Desenho técnico: Pf272.
  • Glossários: P652/653, P662/663, P708/709, P914.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “Überschwere”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2.
Seção do Site: