Reginald Bell

O Representante de Perry Rhodan. Terrano, natural dos EUA. Já foi Marechal de Estado do antigo Império Solar. Ele é o melhor e mais velho amigo de Perry Rhodan e representante desse. Por seus amigos, ele é chamado comumente de “Bell” ou “Gorducho”. Foi membro da expedição lunar a bordo da Stardust, atuando como engenheiro eletrônico da nave. É portador de ativador celular.

Descrição Física


É um homem robusto, de ombros largos, com rosto largo. É gordo, baixo, de olhos azul-claros, sardento e com cabelo ruivo à escovinha.

Identidades ocultas

Reginald Bell muitas vezes escolheu identidades ocultas para executar várias tarefas na sua longa vida. É conhecida apenas a de Amouar.

Aspectos Psicológicos


Inicialmente, como amigo e companheiro de Rhodan na sua jornada, entrando incidentalmente nos acontecimentos, ele cresceu e se tornou o segundo líder da Humanidade, que fica menos no centro das atenções do que Rhodan, mas é igualmente insubstituível. Em sua juventude, ele era bastante indisciplinado. É uma pessoa sociável, amante de bebidas alcoólicas e belas representantes do sexo feminino, e geralmente é bastante tolerante. No entanto, Bell tem uma intensa aversão a muita autoridade e a cabelos e barba compridos. Devido a uma leve tendência a sardas, ele foi chamado de cara-pintada pelos seus colegas da Força Espacial dos EUA.

Relacionamentos


Amizades

Bell parece pouco sociável por causa de seu estilo rude, e é perceptível que ele não é, portanto, imediatamente simpático a qualquer um que o encontre. No entanto, ele conquista o respeito e a amizade de muitas pessoas. O primeiro e mais importante é Perry Rhodan, a quem ele sempre apoia lealmente. Ele também é um dos poucos que sempre entende como questionar Rhodan. Muitas vezes ele vê as coisas muito mais agressivamente e de uma perspectiva mais de curto prazo. Enquanto Rhodan persegue o quadro geral, Bell geralmente garante a segurança. Rhodan também gosta de lhe deixar o papel de “enfeitador” e as tarefas que ele esperaria que ninguém fizesse. No início do relacionamento dos dois, é perceptível que Bell é inferior a Rhodan em muitos aspectos, mas, agora, ele está em pé de igualdade com o seu amigo. Uma amizade especial o conecta com o rato-castor Gucky. Dificilmente alguém foi tão frequentemente alvo das piadas do ilt, e dificilmente alguém o perdoou tantas vezes. Ambos sabem, no entanto, que podem fortalecer o moral das tropas, e cada um pode confiar cegamente no outro.

Talentos


Idiomas aprendidos

  • Inglês (falante nativo), ferrônio, intercosmo.

Outros talentos

Pelo doutrinador, no ano de 1971, Bell recebeu a capacidade de resolver de cabeça as tarefas matemáticas mais difíceis na velocidade da luz. Ele também tem uma excelente memória para mapas e paisagens. Domina inúmeras técnicas de luta dagor, que, a bordo da BASE, ele treinava regularmente com Galbraith Deighton. Na véspera do Ano Novo do ano 2044, Bell sofreu uma lesão no polegar esquerdo provocado pelo caco de vidro de um cálice de conhaque considerado inquebrável. A cicatriz remanescente faz-se notar por uma coceira quando eventos de grande magnitude são iminentes. Gucky, claro, acha que isso é uma piada, mas, no caso Thyssan, o polegar estava certo.

História


Trechos da Crônica de um Imortal

Ele nasceu em 14 de maio do ano de 1938. Seus antepassados nasceram na Alemanha, e ele teve um tio que morreu nas batalhas de Stalingrado, durante a Segunda Guerra Mundial. Seu pai tinha sido um alto funcionário da polícia e morreu um ano depois, na França. No ano de 1965, foi mandado pelo general Lesley Pounder à Academia Espacial recém-instalada. Após a criação da Terceira Potência, tornou-se o ministro da segurança e o representante de Perry Rhodan. Entre os anos de 1971 e 1975, vivenciou o pouso na Lua e o primeiro contato com os arcônidas. Tornou-se o braço direto de Perry Rhodan na construção da Terceira Potência. Após a criação dessa, tornou-se o ministro da segurança e o representante de Perry Rhodan. Em 17 de janeiro do ano de 1976, recebeu a ducha celular prolongadora da vida no planeta artificial Peregrino, o que interrompeu o seu envelhecimento biológico, tornando-se relativamente imortal. Após a fundação do Império Solar, tornou-se o Vice-Administrador-Geral. Em julho do ano 2040, quem o chamasse pelo nome de Bell não o estaria depreciando; ele mesmo fazia questão de que todos o chamassem simplesmente de Bell, e pouca gente sabia seu nome completo. O poder que detinha na qualidade de substituto de Rhodan nunca lhe subira à cabeça. Em qualquer situação, continuava a ser apenas um homem comum, com todas as qualidades e defeitos. Talvez fosse esse o motivo por que era tão simpático aos olhos de todo mundo. Nunca era muito rigoroso na maneira de expressar-se. No ano 2115, tornou-se o Vice-Administrador-Geral do Império Unido e o comandante supremo da antiga frota de guerra arcônida. No ano 2326, recebeu um dos 25 ativadores celulares espalhados pelo superser Aquilo na Galáxia. Após a dissolução do Império Unido no ano 2329, Bell tornou-se Marechal de Estado do ressurgido Império Solar e novamente representante do Administrador-Geral Perry Rhodan. Entre os anos 2400 e 2406, durante a odisseia de Rhodan no caminho dos transmissores solares para Andrômeda, ele conduziu os negócios do Império sozinho pela primeira vez. Organizou uma busca e uma operação de socorro aos desaparecidos. Ele também liderou a defesa no planeta Kahalo contra os maahks, que queriam invadir a Galáxia. No decorrer do ataque a Andrômeda, ele retomou seu papel mais subordinado e preocupou-se com a defesa contra as ações dos senhores da galáxia na Via Láctea. No ano 2436, como Vice-Administrador-Geral, defendeu uma vez mais o Império Solar contra a ameaça do espaço intergaláctico. Enquanto Rhodan estava na galáxia M-87 a bordo da Crest IV, Bell foi bem-sucedido em expulsar os vigilantes de vibrações do Sistema Solar e conquistar o robô gigante Old Man. Entre os anos 3437 e 3438, promoveu a defesa contra a tentativa de invasão dos cappins na Galáxia após Rhodan avançar para a galáxia Gruelfin. Ele provou-se eficiente pela terceira vez como governante. Também foi bem-sucedido na defesa contra a Mãe Primitiva, que ameaçava os planetas solares. Entre os anos 3441 e 3443, durante o perigo à Galáxia representado pelo Enxame, Bell liderou pessoalmente muitas importantes missões de batalha e reconhecimento contra a minigaláxia móvel a bordo da nave Intersolar. Entre os anos 3457 e 3458, novamente ele assumiu a liderança dos negócios de Estado durante a chamada Odisseia Cerebral de Rhodan na galáxia Naupaum. Durante a invasão dos lares na Via Láctea no ano 3459, ele organizou, junto com Galbraith Deighton, a resistência passiva dos terranos. Entre os anos 3540 e 3580, Bell tornou-se o líder do governo da Terra, que foi conquistada pelos afílicos, com o título de “Luz da Razão”. Seu ativador não o protegeu da radiação prejudicial do sol Medalhão. Apenas devido ao seu robô especial Breslauer, ele pôde ser libertado do encanto da afilia. Descomissionado de seu papel, Bell uniu-se à Organização Bom Vizinho (OBV) de Roi Danton e começou esforços de ajuda aos imunes à afilia. Ele voou para o Planeta Ovaron e aguardou pelo retorno da SOL. No ano 3582, a SOL surgiu e levou as últimas pessoas do Turbilhão Estelar a bordo. A partir daí, tornou-se mais um tripulante da nave de gerações. Nos anos seguintes, passou por aventuras com a SOL e a BASE em diferentes galáxias, na busca, ao lado de Perry Rhodan, pela nave semeadora do Poderoso Bardioc, a Pan-Thau-Ra, os castelos cósmicos e as fontes de matéria. Durante a busca pelos castelos cósmicos, Bell deixou crescer um bigode, devido uma aposta com Gucky, sobre a qual esse tinha prazer em zombar dele uma vez ou outra. No ano 3588 (ano 1 NCG), ele trabalhou na consolidação da Liga Hanseática, na qual foi, mais uma vez, o representante de Rhodan. Bell tornou-se o porta-voz da Liga Hanseática com mais direitos de votos e atuou como um observador no fórum local da COPOG. No ano 426 NCG, com a partida da Frota Galáctica para o Rubi Gelado, Bell permaneceu na Terra e tornou-se o mais importante porta-voz da Liga Hanseática. No ano 429 NCG, Bell voou com o conglomerado de naves-vírus Explorer para a concentração de poder de Estartu e passou por muitas aventuras perigosas. Ele foi um valioso membro do grupo, mas não se tornou um membro dos viajantes da rede. Após seu retorno do universo Tarkan, ele ficou preso por 695 anos num campo estático, o que também aconteceu com Rhodan. No ano 1147 NCG, ao lado de Rhodan, Bell começou uma luta contra os soberanos de então da Via Láctea, os cantaros. Após a eliminação desse tirânico regime, ocorreu a reconstrução da Liga Hanseática. No ano 1169 NCG, a superinteligência Aquilo exigiu de todos os portadores de ativador celular a devolução de seus aparelhos. No ano 1173 NCG, Bell e os outros portadores voaram para Peregrino. Lá, Bell também recebeu um chip ativador celular. Nos anos seguintes, ele liderou um grupo de exploração e encontrou antiguidades da cultura arcoânica, tornando-se um admirador dela. No ano 1201 NCG, ele viajou como o líder da Frota dos Dragões para o sistema estelar Sheokor e para os arcoanas ressuscitados. Entre os anos 1206 e 1218, no Grande Vazio, ele descobriu o complexo Jogo Quidor, do qual ele e a tripulação da nave Kahalo somente conseguiram escapar com nervos de aço. De volta à BASE, ele encontrou uma ordem para ir com Michael Rhodan numa expedição para Tornister, o Mundo Sem Sombras. Lá, ele encontrou os restos de uma gigantesca nave-molusco com dois milhões de anos de idade. Ao lado de Rhodan, ele passou por várias aventuras com as ayindis na luta contra o Abruse no Arresum.


Créditos: 
  • Capa da edição alemã: Copyright © VPM – Pabel Moewig Verlag KG, Alemanha.

Fontes


  • PR01, PR02, PR03, PR04, PR06, PR07, PR08, PR10, PR18, PR19, PR22, PR23, PR24, PR28, PR34, PR38, PR40, PR42, PR44, PR46, PR47, PR48, PR55, PR70, PR83, PR97, PR100, PR101, PR151, PR354, PR650, PR652, PR699, PR700, PR701, PR703, PR704, PR705, PR718, PR719, PR733, PR748, PR749, PR756, PR771, PR780, PR929, PR933, PR934, PR948, PR955, PR956, PR957, PR958, PR964, PR965, PR977, PR1000, PR1650, PR1700, PR1703, PR1799, PR1805.
  • Fanzine Informativo Perry Rhodan 30 (de um artigo traduzido por César Maciel).
  • Seção Glossário da edição digital da SSPG: volumes especificados no campo Glossários Veiculados.
  • Enciclopédia: PR1803.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “Reginald Bull”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2. Informações extraídas em parte do site Perry Rhodan und Atlan Materiequelle (www.pr-materiequelle.de). Informações extraídas em parte do site Crest-Datei (www.crest-datei.de)]. Direitos das traduções: SSPG Editora, 2019.
Seção do Site: