Tecnologia

Espaçonaves, veículos, armamentos, sistemas de computação, robôs e substâncias artificiais da narrativa.

Inquenite

Material de construção. Trata-se de uma nova liga metálica terrana, de cor vermelho-azulada, consistindo em uma mistura de minério de inquelônio com o aço terconite. Também é conhecida como inqueterque. A descoberta do inquelônio no ano 3432 trouxe aos terranos perspectivas e possibilidades completamente novas na metalurgia. Dependendo do conteúdo de inquelônio da liga, o aço IT é designado como inquenite ou inqueterque. Ele atinge até 3 vezes a resistência do aço terconite puro e tem um ponto de fusão de cerca de 100.000ºC.

Glassite

Tipo de vidro terrano. Glassite blindado costuma ser usado nas vigias das espaçonaves de pequeno porte. Também é utilizado no setor civil para janelas normais, cúpulas, etc., e não racha em circunstâncias normais.


Elevador antigravitacional

Equipamento técnico que consiste basicamente de um poço ou tubo que é um centro neutralizador da gravidade limitado a seções transversais tubulares para transporte vertical. Nesse poço não existe uma cabine, mas sim, um campo energético invisível que sustenta o usuário. Um gerador energético cria um campo invisível de sustentação. Existente tanto em edifícios como também nas espaçonaves. Serve para pessoas, cargas ou detritos. Os terranos o adotaram dos arcônidas.


Positrônica

Tecnologia computacional. Princípio no qual se baseavam os computadores arcônidas, e que os terranos o adotaram após o primeiro contato com aquela raça no ano de 1971. É um tipo de computador amplamente utilizado há milhares de anos. Dispositivos particularmente pequenos, porém, potentes, são conhecidos como minipositrônicas.

Nave CEV

Espaçonave extraterrestre. A sigla CEV significa “célula energética de estrutura variável”. Esse é o nome que os cientistas terranos deram para as espaçonaves usadas pelos lares, baseado nos primeiros conhecimentos obtidos sobre esse tipo de nave, que elas podem expandir e encolher sua fuselagem de energia de forma, conforme necessário.

Nathan

Tecnologia computacional. É um gigantesco computador positrônico/impotrônico terrano. Esse é o nome que se costuma dar ao gigantesco computador ou cérebro impotrônico, instalado ou incrustado nas profundas camadas rochosas da Lua terrana. Devido à sua localização e significado, muitas vezes também chamado apenas de cérebro lunar. Na superfície da Lua havia apenas um bloco gigantesco com um portão, que não era outra coisa senão a entrada para o gigantesco cérebro. O verdadeiro edifício, de proporções ciclópicas, estava abaixo da superfície.

Defletor

Campo energético especial. Forma curta de campo defletor. O campo defletor (às vezes chamado também de campo de camuflagem, campo de invisibilidade ou defletor de impulsos luminosos) gera um campo que torna os objetos invisíveis.

Paladino VI

Robô terrano de combate especial. É a sexta versão do Paladino I original.

Aparência


Por fora, ele tem a aparência externa de um gigante halutense com 3,50 m de altura. Sua pele é revestida de aço atronital. Pode correr até 120 km/h.

Tripulação


A tripulação consistia de seis siganeses, alojados no interior do corpo do robô. O comandante era Harl Dephin e o resto da tripulação era formada pelo Thunderbolt Team.

Marco Polo (Espaçonave)

Espaçonave terrana e nave capitânia da Frota Solar do ano 3437 até 3460. Com ela, a expedição para a galáxia Gruelfin foi realizada. A predecessora como nave capitânia foi a Intersolar. Como sucessora, foi projetada a SOL.

Construção e Tecnologia


Ela era o protótipo de uma grande série nova. Essa série foi designada oficialmente como ultracouraçado depositário. Construída com o casco tão bem conhecido das naves da classe Galáxia, com 2.500 m de diâmetro, agora feito de inquelônio e terconite.

Páginas