Augusto

Indivíduo artificial, um robô terrano do tipo K-2. No século XXXVI, ele era um robô policial do governo afílico e seu número de identificação era Z2819-087-001.

Peculiaridade


Devido à queda da Terra no Abismo em 2 de setembro do ano 3581, um de seus módulos foi destruído. Esse era responsável pelo contato com o elemento de controle através do qual ele recebia suas ordens. Em situações que sobrecarregavam sua programação, ele inclinava sua cabeça e adotava uma posição de escuta ao mesmo tempo tentava entrar em contato com o elemento de controle. No entanto, como esse já não existia, ele executava todas as ordens dirigidas a ele, não importando de quem tenha recebido ou o que lhe diziam. Todas as estações de controle - com poucas exceções - tinham sido desativadas por Nathan, quando a Terra ficou despovoada.

História


No início do ano 3582, ele estava desorientado em Campo Jensen, no Alasca, quando encontrou Walik Kauk e quis levá-lo ao próximo elemento de controle, já que o CIP de Kauk não funcionava mais. Contudo, Kauk conseguiu dar ordens ao robô, porque sugeriu a ele ainda seguir as instruções da estação de controle, embora essa fosse uma mentira óbvia. Estava vestido com um uniforme marrom-amarelado e fazia parte da guarnição da estação policial dali. Por algum motivo, sobrevivera à submersão da Terra no Abismo. Walik incluiu o K-2 em seu coração e o chamou de Augusto. Kauk deu-lhe esse nome por ter suportado a alteração de seu status com tanta dignidade e grandeza. Também se referiu a ele como amigo. Assim, o robô tornou-se o parceiro de Kauk daí em diante. Depois disso, através da interação constante com as pessoas, ele adquiriu muito conhecimento das coisas humanas. No mês de fevereiro desse ano, Augusto ajudou Kauk, Baldwin Tingmer e Bluff Pollard (que se juntaram a eles no caminho para Terrânia) a eliminar o cientista louco Chara Shamanovo, apesar de que esse conseguiu colocá-lo temporariamente sob seu controle. Na estação de controle Palatka, ele surpreendeu seus amigos humanos com o conhecimento de que ele não estava mais sob o comando das estações de controle, já que todas estavam desligadas. Ainda assim, ele parecia estar influenciado por algo. Mais tarde, descobriu-se que Rafael expandiu suas capacidades e lhe havia dado uma atualização por assim dizer. Porém, antes que os ‘três mosqueteiros’ e o robô deixassem a estação, Augusto foi restaurado novamente ao seu estado original. Em março do ano 3582, ele se tornou membro da Patrulha da Terra em Terrânia depois que seu líder, Jentho Kanthall, o persuadiu a fazê-lo. Kanthall afirmou então que o elemento de controle iria ordenar ao robô. Com esse movimento, ele queria pressionar Walik Kauk, já que originalmente ele queria trabalhar junto com a Patrulha apenas vagamente. O truque de Kanthall foi bem-sucedido, porque Walik Kauk se juntou à Patrulha da Terra pouco depois disso. Pouco depois, ele acompanhou uma tropa de reconhecimento para a Noruega, depois que fenômenos meteorológicos inusitados surgiram lá. Em Namsos eles assistiram a instalação de uma Pequena Majestade pelos hulkoos. No mês de abril, Augusto tentou ajudar o grupo a descobrir mais sobre essa instalação, que inicialmente só se sabia que exalava impulsos mentais. O grupo observou transportes de tanques cujo propósito também era intrigante. Para descobrir mais, invadiram um dos transportes e descobriram que os tanques continham uma massa gelatinosa que exercia efeitos negativos. Bluff Pollard finalmente caiu nas mãos dos hulkoos e foi infectado com a massa - o chamado lixo cerebral. Como resultado, ele ficou sob o controle da Pequena Majestade. No entanto, Alaska Saedelaere imediatamente ficou suspeitando quando o enviaram de volta ao grupo. Ele deixou Pollard ser “sequestrado” por Augusto para descobrir se os hulkoos viriam em seu auxílio. Augusto desempenhou seu papel de forma tão convincente que Alaska temeu que ele estivesse defeituoso. Depois de fugir de Namsos, Augusto acompanhou uma expedição para o planeta Castelo de Goshmo. Ali, ele fingiu se deixar proclamar como um novo deus. Assim, ele criou confusão entre os mucieranos, permitindo que Walik Kauk escapasse. Em meados do ano 3582, ele foi com Douc Langur, Walik Kauk e Sante Kanube até Ihsien a fim de procurar por uma espaçonave. A situação na Terra tornou-se insustentável, à medida que os impulsos mentais da Pequena Majestade se tornaram cada vez mais fortes. Augusto conseguiu desligar um controle de artilharia automático, ficando ligeiramente danificado. Depois disso, ele também acompanhou a Patrulha da Terra na sua fuga para o planeta Intermezzo. Em meados do ano 3585, antes de a Terra passar pelo buraco negro de Medalhão, ajudou Kauk a resgatar Mara Bootes, que tinha sido sequestrada. No início do ano 3586, ele se encontrava na Terra, que tinha voltado para seu lugar no Sistema Solar, e ajudou Payne Hamiller na reconstrução. Pouco depois, Hamiller solicitou sua ajuda na Lua para contatar Nathan, que estava agindo de modo estranho. Em abril desse ano, ele se encontrava a bordo da BASE e, tornando-se acompanhante de Mara Bootes Kauk, agiu como um paladino para protegê-la. No final de novembro do ano 3586, após a conquista da central da nave semeadora Pan-Thau-Ra, Augusto tornou-se o acompanhante de Laire. Depois de se separar do robô dos cosmocratas no ano 3587 e retornar para a Terra com a BASE, ele dissolveu-se voluntariamente em seus componentes no apartamento de Walik Kauk. Esse foi o primeiro suicídio robótico da história.


 

Créditos: 
  • Capas da edição brasileira: Copyright © SSPG Editora – Star Sistemas e Projetos Gráficos Ltda., Brasil.

Fontes


  • PR759, PR766, PR767, PR768, PR776, PR777, PR778, PR784, PR799, PR804, PR805, PR822, PR823, PR857, PR868, PR900, PR920, PR930, PR999.
  • Seção Glossário da edição digital da SSPG: volumes especificados no campo Glossários Veiculados.
  • Internet: Informações extraídas em parte do site Perrypedia (www.perrypedia.proc.org). This article uses material from the Perrypedia article “Augustus”, which is released under the GNU Free Documentation License 1.2. Informações extraídas em parte do site Perry Rhodan und Atlan Materiequelle (www.pr-materiequelle.de).
Seção do Site: